Abrir seu próprio negócio: O que você precisa saber

A grande maioria dos brasileiros deseja abrir seu próprio negócio. Essa é uma ideia que com o passar do tempo vem se tornando mais comum em terras tupiniquins, porém, junto a isso, cada vez mais os pequenos empreendedores devem usar da criatividade, para se destacar perante o massivo número de concorrentes, do planejamento, para não acabar como a maioria dos empreendedores que abrem um novo negócio sem de fato estarem preparados, e da coragem, para sair da zona de conforto e colocar as mãos à obra.


A rotina de um empreendedor não é fácil. Administrar finanças, gerenciar funcionários e resolver imprevistos se tornarão uma constante na vida de um novo empresário.


Além de estar ciente desses fatos, e para que você aumente suas chances de sucesso, organizamos uma lista de itens importantes a serem destrinchados antes de você começar seu novo negócio.


Loja aberta (Crédito: mikepetrucci / Unsplash)


Tenha um problema para resolver

Todo empresário que se preze precisa ter uma proposta bem clara para resolver um problema específico. É comum que novos empreendedores tentem atingir diferentes clientes, resolver diferentes desafios, ou seja, oferecer de tudo um pouco, porém é necessário que de início você foque no essencial, o conhecido “arroz com feijão”, entender o foco da empresa.

Não sabe que problema resolver? Confira algumas ideias de negócios no site do Sebrae.



Veja se você tem perfil

Antes de investir seu dinheiro na ideia de um novo negócio é importante que o empreendedor reflita sobre suas próprias habilidades e experiências na área escolhida, e também sobre seu perfil comportamental. Pergunte a si mesmo:

  • "Eu me identifico com esse empreendimento?";

  • "Como irei reagir frente a um possível fracasso?".

Identifique o que lhe agrada e principalmente o que te desagrada em determinados lugares e serviços que utiliza. É preciso organização, saber gerenciar finanças, definir cenários de sucesso e fracasso e definir estratégias para diminuir os riscos. Dependendo do negócio, saber motivar funcionários, delegar funções e negociar são também características importantes.


Faça boas pesquisas

Depois de identificar qual negócio irá abrir é hora de reunir informações. Uma boa maneira de fazer isso é aprendendo com quem sabe fazer e que tem mais experiência: os concorrentes. Esse conceito é conhecido como ‘benchmarking’, que significa ‘referência’, processo pelo qual é realizado uma análise sobre as melhores práticas usadas pelas empresas do mesmo setor que você quer atuar e que poderiam ser aplicadas no seu empreendimento.

  • Qual é o diferencial dos seus futuros concorrentes? Quais são os pontos positivos e negativos dos seus produtos e serviços?

  • Como eles se posicionam na internet? Quais redes sociais usam?

  • Como eles interagem com seus consumidores, quais são as ações de marketing?

Pequeno empreendimento (Crédito: Dan Burton / Unsplash)



Identifique o segmento de mercado

Quais serão as características do seu produto ou serviço? Quem procura por ele é um público jovem ou mais adulto? Qual é o comportamento dele? Quais são as preferências que farão o seu público escolher o seu produto ou serviço?


Por exemplo, se você for abrir uma hamburgueria, talvez você prefira oferecer uma experiência mais personalizada a um preço mais acessível.


Faça uma pesquisa de mercado para entender a realidade do mercado que você quer atuar, para descobrir o quanto de investimento será necessário para abrir e manter esse tipo de negócio. Ou seja, é preciso conhecer o ambiente em que você irá se inserir, entender os futuros desafios e as necessidades para tomar decisões mais seguras.


O recomendado é que você escolha um nicho no qual já tenha trabalhado antes, que você conheça bem.


Não sabe como fazer uma pesquisa de mercado? A Solumax pode te ajudar!


Faça um Plano de negócios

É através do plano de negócios que você terá informações detalhadas sobre o seu ramo, seus produtos e serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e pontos fortes e fracos do seu negócio. Ou seja, o documento mais importante para abrir uma empresa.


O plano de negócios te ajuda a ter uma visão ampla e mais clara sobre suas ações, diminuindo o risco de cometer erros e possíveis frustrações.

Não sabe como elaborar um plano de negócios? Marque uma reunião sem compromisso com a Solumax!


Dinheiro para começar

Geralmente abrir um pequeno negócio não requer muito investimento, porém é necessário que o empreendedor esteja preparado para possíveis imprevistos e que seja capaz de cobrir os custos e despesas da empresa antes de começar a lucrar.

Comece anotando todos os custos necessários para abrir a empresa: equipamentos, aluguel, salário, deslocamento, marketing, etc.


Podemos te ajudar com o planejamento financeiro!

Além desses custos, o custo da abertura em si da empresa precisa ser levado em conta. Os principais custos são as taxas da Junta Comercial e da emissão do alvará, podendo variar entre R$ 700 a R$ 2 mil. No entanto, esses custos variam dependendo da sua localização e também podem ser menores com o auxílio de algumas facilidades da internet.

É muito recomendável que você procure um contador de confiança para te auxiliar sobre exatamente o que mais precisa ser pago.

Bagunça de papéis (Crédito: Wonderlane / Unsplash)


Sim, questões burocráticas

Apesar do Brasil ser o país onde o empreendedorismo se destaca, a facilidade de abrir uma empresa aqui infelizmente não é uma verdade. Essa etapa é um pouco mais chata, porém essencial para evitar com que a sua empresa acabe tendo problemas com a justiça.

De maneira geral, são necessários documentos como:

  • Contrato social;

  • Registro na junta comercial;

  • CNPJ;

  • Inscrição estadual;

  • Alvará de funcionamento;

  • Licença dos bombeiros;

  • Licença da Vigilância Sanitária;

  • Registro da previdência social.

Por isso, o auxílio de um contador, mais uma vez, se torna imprescindível para te ajudar nessas questões burocráticas



Conclusão

Bem, agora que você já conhece alguns dos aspectos fundamentais sobre como abrir sua própria empresa, que tal colocar as mãos à obra?

Essa, de fato, não é uma atividade muito fácil, porém com planejamento e comprometimento você pode sim vencer esses obstáculos!

Ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda para tornar realidade o sonho de abrir o próprio negócio? Agende um diagnóstico gratuito e sem compromisso! Conte com a Solumax para te ajudar a abrir sua empresa!



Autor: George Czelusniak (linkedIn)

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo